quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Oziel: O poeta sonhador
Oziel Soares de Albuquerque, tem 17 anos, aluno da escola José Rodrigues Leite, cursando o 2º ano do Ensino Médio. Começou a ser atendido no Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação- NAAH/S no inicio do mês de maio deste ano.
O jovem tem um grande acervo de poesias, poemas e acrósticos e tem um grande sonho de ver suas obras públicadas. O Núcleo estabeleceu um contato com a Fundação Elias Mansour e tivemos a promessa de que no ano que vem terá seu trabalho públicado.

O que é a vida,
Quando não pode-se amar,
O que é o mundo,
Quando a felicidade não consegue-se encontrar.
O que sou em meio ao mundo,
Onde alguns caminham em vão,
O que é o amor quando só se encontra ilusão.
Sou apenas um pássaro,
No céu a voar,
Sou peregrino no mundo,
Que não sabe o que é amar.
Qual é a razãoDe existir?
Que futuro tenho,
Senão consigo fazê-la sorrir?
O que souE o que serei?
Se pra sempre, calado,A amarei?
O que façoSe não posso amá-la?
Sofrerei...
Pois não consigo dos meus sonhos tirá-la.
Sou vagabundo,
A vagar na solidão,
Sou inútil poeta,
Pois não consegui conquistar seu coração.
Eu queria tanto,
Poder amá-la e ser feliz,
Coitado de mim,
Pois do amor sou aprendiz.
Sou vagabundo,
Por amá-la demais,
Sonhei tanto com ela,
E hoje já não tenho paz.
Não sei até quando,
Vou amá-la sem parar,
Não sei até quando,
Com ela vou sonhar.
Talvez eu ame-a,
Infinitamente,
Tudo passou-se,
E acabou tão de repente.
Acabou e passou-se,
A esperança,
De viver o amor por ela,
Que sonho desde criança,
Sou vagabundo,
Vagabundo de verdade,
Peregrino na solidão,
Peregrino na saudade...
Autor:Oziel Soares
Gostaria de conhecer melhor o nosso poeta?

Fruto do nosso trabalho

O NAAH/S - Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação, apesar do seu pouco tempo de existência, tem alcançado avanços significativos. Com as atividades iniciadas em fevereiro de 2007, onde na ocasião não possuíamos nem uma sede, foram realizadas visitas em 108 escolas da Rede Pública Estadual Rio Branco. Ressaltando ainda que a equipe contava apenas com 05 profissionais e hoje é composta por 09.
A partir do mês de março até outubro deste ano, aconteceram 50 oficinas que possibilitaram a identificação de 85 alunos. Porém, muitas das escolas foram resistentes em acreditar no potencial dos seus alunos, justificando apenas que as mesmas não tinham interesse no assunto.
É claro que uma boa parte desse número de alunos, encontram-se em observação por apresentarem mais de uma habilidade necessitando de uma avaliação mais criteriosa.
Durante todo este processo de identificação, foi verificado que muitos desses meninos e meninas estavam com um potencial tão elevado, que o Núcleo iniciou a busca de parcerias com alguns Órgãos e Instituições Públicas e Privadas, para a inserção dos mesmos em cursos ou programas para um maior desenvolvimento na área do talento específico de cada um.
Destacamos os seguintes nomes: Jorge Rivasplata (Disponibilizou uma bolsa de estudo para nossa aluna Talyta Dayana); Usina de Artes João Donato (Abriu vagas para os alunos com habilidades para pintura, teatro e música); Manuel Paim (Doou livros para o acervo da mini biblioteca da Unidade de Atendimento ao Aluno); e ainda os nossos futuros parceiros, que acenaram com o oferecimento de vagas para o ano de 2008 em suas respectivas instituições: SENAC, Wizard, SENAI e SEBRAE.
O NAAH/S promoveu ainda um Curso de capacitação de 40 horas “Alunos dotados e talentosos: outra face da inclusão escolar”, para quarenta (40) profissionais do Estado do Acre, ministrado Pela Drª. Zenita Cunha Guenther,no período de 21 à 25 de maio do referido ano. Contemplando os municípios de Rio Branco, Porto Acre, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Brasiléia, Senador Guiomard e Xapuri.

sábado, 20 de outubro de 2007

Altas Habilidades/Superdotação!!!! O que é isso?

A Politica Nacional de Educação Especial de 1994, define como pessoas com Altas Habilidades/Superdotação os educandos que apresentarem notável desempenho e elevada potencialidade em qualquer dos seguintes aspectos, isolados ou combinados:capacidade intelectual geral; aptidão academica específica; pensamento criativo ou produtivo; capacidade de liderança; talento especial para artes e capacidade psicomotora.
Nesse sentido o grande desafio da educação é oferecer aos alunos oportundades para o desenvolvimento pessoal e para a aprendizagem, em um contexto sócio-cultural. A identificação de alunos talentos exige planejamento, observação e estrutura para que se produzam registros e coletas de dados. Uma vez identificados, torna-se necessário encaminhá-los para um serviço de atendimento que promova as ações de que necessitam, no sentido de proporcionar ao aluno o desenvolvimento pleno de seu talento, melhorando ainda seu desempenho nas outras áreas do conhecimento.

Seminário de Educação Especial

O Núcleo de Atividades  de Altas Habilidades/Superdotação – NAAH/S  prestigiou  neste dia 08 de dezembro o   Seminário de Educação Especial...